Facebook
  1. Minhas Letras
  2. C
  3. Cazuza
  4. Domingo (Letra)

Domingo (Letra)

Cazuza

Cazuza

O porteiro continua sentado
Como fazem os porteiros
E os vizinhos e as crianças
Filhos dos vizinhos
Só emitem sons depois do gol
(fogos)

E o marceneiro da obra em frente continua marceneiro como sempre
São todos súditos do meu inútil julgamento
E continuam vivendo, indiferentes
(gol!)

Eu no meu quarto estou alegre
Por ser rei
E não ter que governar a vida