Facebook
  1. Minhas Letras
  2. M
  3. MC Pocahontas
  4. Terror das Inimigas (Letra)

Terror das Inimigas (Letra)

Meu bonde tá chegando, é o terror das inimigas
Pode dar um close, onde chego, vira mídia
Recalcada tomba, a feição já muda

Já chego lacrando e jogando ela pra segunda
Recalcada tomba, a feição já muda
Já chego lacrando e jogando ela pra segunda

Arrancando olhares dos homens com o meu gingado
Que disfarçam pra olhar mesmo com a sua dama do lado

Sensualizando eu rebolo pra provocar
Pra seduzir, olha a selfie que eu vou tirar
E pra causar eu vou sentar com o bonde das solteiras
Tontear você com um soco na cara, com um soco na cara, com um soco na cara de tanta beleza

Sensualizando eu rebolo pra provocar
Pra seduzir, olha a selfie que eu vou tirar
E pra causar eu vou sentar com o bonde das solteiras
Tontear você com um soco na cara, com um soco na cara, com um soco na cara de tanta beleza

Meu bonde tá chegando, é o terror das inimigas
Pode dar um close, onde chego, vira mídia
Recalcada tomba, a feição já muda

Já chego lacrando e jogando ela pra segunda
Recalcada tomba, a feição já muda
Já chego lacrando e jogando ela pra segunda

Arrancando olhares dos homens com o meu gingado
Que disfarçam pra olhar mesmo com a sua dama do lado

Sensualizando eu rebolo pra provocar
Pra seduzir, olha a selfie que eu vou tirar
E pra causar eu vou sentar com o bonde das solteiras
Tontear você com um soco na cara, com um soco na cara, com um soco na cara de tanta beleza

Sensualizando eu rebolo pra provocar
Pra seduzir, olha a selfie que eu vou tirar
E pra causar eu vou sentar com o bonde das solteiras
Tontear você com um soco na cara, com um soco na cara, com um soco na cara de tanta beleza